Notícias e Clppings
Informativo Semanal
Informativo Diário
AviSite
SuiSite
OvoSite
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Quarta-feira, 26/01/2022
Siga-nos:
Notícias e Clppings Informativo Semanal Informativo Diário
NOTÍCIAS
Embrapa: confinamento pode diminuir emissão de metano na pecuária


Bovinos em confinamento possuem dieta controlada, fator essencial para a redução de emissão de metano, já que a emissão deste gás está diretamente ligado ao processo digestivo do animal

Campinas, SP, 29/11/2021 | - -

Categoria: Meio Ambiente

Aconteceu nesta quinta-feira (25), o Encontro de Analistas e a apresentação dos resultados do Confina Brasil, que visitou mais de 130 propriedades do país este ano focadas no confinamento. Um dos assuntos abordados durante a programação foi a emissão de metano pela pecuária, tema tratado também na COP26 em Glasgow, na Escócia.

Um dos participantes do evento e pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Sudeste (Embrapa), Sérgio Raposo conta como o Brasil já possui alternativas viáveis para a redução de emissão de gases que contribuem para o efeito estufa, através de confinamento animal.

“O metano é uma ineficiência do sistema de digestão e tem uma relação de quanto melhor a dieta menor é a proporção produzida desse gás. Então no confinamento, o gado possui uma dieta controlada, com digestão maior por quilo de matéria seca, consequentemente uma menor emissão de gás”, explica Raposo.

O pesquisador ressalta que o pasto e o confinamento tem vantagens quando se usada com a combinação exata, já que cada um possui uma forma sustentável de manejo. “O pasto sequestra o carbono, enquanto o confinamento diminui a redução de metano. Nesse aspecto, não é uma disputa entre os dois, pois o confinamento ajuda a aumentar a lotação das pastagens, diminuir a lotação na seca e os animais vão desempenhar melhor com a dieta e produzir menos metano por matéria seca”, diz.

Por fim o pesquisador diz que a meta traçada na COP26 de reduzir em 30% as emissões de carbono não será uma tarefa fácil, mas o Brasil está traçando uma boa estratégia. “Quanto mais se intensifica a pecuária no sentido de melhorar o desempenho, naturalmente se combate a emissão de gases de efeito estufa. Nesse cenário o metano está deixando de ser emitido para virar carne, enquanto o CO2 é absorvido pelo solo e pela pastagem. Não vai ser fácil atingir a meta proposta para a redução de emissão de carbono, mas temos alternativas, sendo o confinamento uma peça chave para se ter uma pecuária eficiente”, conclui.


Fonte: Canal Rural
Autor: Redação




COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



















NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF